Sejamos como Sol ♥

by - 22.3.16


Certo dia, alguém me disse que eu queria ser sol. Apelidou-me de sol e gritou aos sete mares que o mundo não girava em torno de mim. Certo ele. Não gira. Mas eu não deixo de ser sol por isso. Sabe por quê? Porque a função da nossa maior estrela não é apenas ser o centro. Ela nos transmite calor, nos transmite luz e faz com que a gente nunca fique sempre na escuridão. Ela clareia os dias mais tristes e deixa nosso céu azul. Azul alegre. Azul celeste. E é assim que eu quero e pretendo ser. Como o sol, iluminar o sorriso de todas as pessoas que eu conseguir.

Aliás, o bom de ser sol é que você nunca deixa de brilhar. Mesmo que as pessoas reclamem do seu calor e que você dê espaço para lua se mostrar. Você fica ali, na sua, iluminando e sabendo que sua parte tu estás fazendo. Verdade seja dita, quem nunca se orgulhou de ver o nosso astro rei doando sua luz para que outras estrelinhas brilhassem também? Eu já. Quem nunca viu beleza quando a estrela maior sai e nos alegra com a paisagem deixada ao se por? Impossível não aplaudir, agradecer ou amá-lo. O sol é o um dos exemplos vivos que temos de humildade. Mesmo com sua grandeza infinita, ele não briga para ser sempre o centro das atenções. Até os planetas que giram em torno dele, ele cuida. Ele doa. Ele ama.

Seja dito de passagem, ser sol não é nada mais do que ser alguém que acalenta, que esquenta, que doa luz, que te faz brilhar no meio da escuridão. Tome-o como exemplo e orgulhe-se de dizer que és sol.Sejamos como ele, assim, nós poderemos tirar o planeta da escuridão que nele perdura. Afinal, é disso que ele precisa. É disso que a gente precisa. De mais astros iluminadores. Sejamos sol. Sejamos luz. 

autoria de Martinha Barreto 

You May Also Like

0 comentários